segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Está a passar...

A dor atenua.
Já não é tão insuportavél como outrora fora.
O grau da sua intensidade diminuiu.
Angustiante?
Sim, ainda o é.
Mas não tão forte.
Apenas se sente um vazio no lugar de algo.
Algo que lá estava e completava o teu ser, foi substituído.
Destruíu-se, corroído, devido à dor, à raiva!
Ah, a raiva...


A raiva tem o poder de destruir tudo.
Deixando apenas mágoa e vazio.
Agora só resta o vazio.
A raiva já passou.
Já não é tão visível.
Tão palpável.
Mas a mágoa...
Essa ainda cá está.
Infinitamente mais mínina mas está.
Ainda provoca dor.
Ainda dá vontade de chorar, mas já a consegues controlar!
Já te consegues controlar.
A ferida da facada ainda está aberta.
A sarar...
Mas aberta, em carne viva.
Ainda dói.
Mas vai passar.
Tudo passa.
Só fica a lembrança.
Ah, as lembranças...
As memórias...
Os momentos...
Apenas isso!
Recordações!
O Passado....

Sem comentários:

Enviar um comentário