terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Razões desconhecidas ...

  Às vezes gostava de me entender a mim própria! 

  É tão dificil conseguir perceber os meus sentimentos, pois muitas vezes não sei porque é que estou naquele momento a chorar ou irritada ou até mesmo a rir-me. Simplesmente estou! E não percebo!

  Muitas vezes, faço um sorriso, dou uma gargalhada, digo que estou bem, que nada se passa, que nada me colocará em baixo... mas a verdade é que nem sempre é assim!

  Faço-me de forte para nao perceberem o quanto sensível eu sou ou estou naquele momento; o quanto eu fico magoada com certas e determinadas coisas, actos ou palavras; o quanto triste eu estou naquele momento! 

  Faço-me de forte porque não gosto que tenham pena de mim, que pensem ou digam que sou fraca de mais para aguentar certas cenas.

  Mas, a verdade, é que às vezes não consigo continuar mais com a minha máscara de "menina forte que suporta tudo e que nada a coloca abaixo" em que me tornei...

  Dou por mim, algumas vezes, a chorar sem motivo, a sentir-me triste sem razão alguma, a sentir-me frustrada por alguma coisa que nem sei... Tudo sem motivos e razões aparentes que em consiga decifrar!


  Talvez, até exista alguma razão ou algum motivo em concreto, mas são tantas as vezes que controlo os meus sentimentos que quando "explodo" não consigo perceber por qual motivo eu estou naquele momento a "explodir"!

   Mas como se costuma dizer, "A razão tem razões que até a própria razão desconhece"!

   E eu, muitas vezes, não consigo descodificar a verdadeira razão  da minha tristeza, da minha frustração, do meu choro, da minha raiva, de todos os meus sentimentos que naquele exacto momento estou a ter! 



  É tão dificil compreender as razões do nosso próprio eu!!

Sem comentários:

Enviar um comentário